terça-feira, 30 de novembro de 2010

Os aparelhos




A mais nova está no 3º ano, e nesta altura do campeonato está a dar o estudo do corpo humano. Matéria muito interessante, é certo, e que a mantém absolutamente fascinada.

Todas as tardes, as aulas são passadas e repassadas: "mãe sabes para que serve o coração?, e sabes qual é a diferença entre uma veia e uma artéria?, Leonor, aposto que não sabes a função do estômago!, Zeca tu que não percebes nada disto diz lá o que se forma na boca quando a gente come?, e as simpatias continuam em crescendo (até ao final costumeiro que são uns quantos berros da minha parte, e umas portas a bater...bem sei invariavelmente as coisas acabam assim cá por casa...).

Os aparelhos respiratório, circulatório e digestivo lá vão ocupando as tardes, provocando voltas e mais voltas no estômago da minha pessoa, que sempre sentiu uma ponta de aversão por estas questões científicas. Um bocadinho de nojo até, mas enfim, vou acenando, que sim senhora, que muito bem, que é pá já sabes isso na ponta da língua não queres ir ver a Hanna Montana? (não convém estimular em demasia a inteligência das crianças, até porque a seguir dos aparelhos chegam as músicas de Natal, e depois a coreografia das mesmas e uma pessoa tem coisas pra fazer, tipo jantares e assim).

Ontem o jantar não correu tão bem como habitualmente. A rapariga deu o aparelho excretor, e fez questão de o explicar em pormenor a toda a família, naquele momento diário de partilha que é a mesa.

Foi bonito.

6 comentários:

Brown Eyes disse...

ahahahah imagino como correu o jantar. Falando em gostar de estudar o corpo humano, nunca gostei, nunca me interessei. Porquê? Não sei. Não gosto e pronto. Beijinhos

Johnny disse...

Ao menos não ilustrou com diapositivos e coisas assim!

Always look at hte bright side...

pinguim disse...

Eheheheh...Alto e pára o baile!
Sabes que eu leccionei Ciências da Natureza no antigo Ciclo e os aparelhos diversos do nosso corpo faziam naturalmente parte da matéria e entre eles o aparelho reprodutor, embora a instrução era deixar alguma iniciativa aos professores. Eu disse o que tinha a dizer sobre as diferenças dos aparelhos reprodutores feminino e masculino e como se dava a reprodução.
Num teste deixei uma questão de desenvolvimento sobre a reprodução e as respostas foram deliciosas, entre elas esta: "é uma pequena relação entre um homem e uma mulher, e depois de 9 meses sai a criança..."

meldevespas disse...

Mary Exactamente como eu, não gosto e pronto!

Jóni blherc. também era melhor...

João eheheh belissima resposta! calculo as pérolas que deves ter ouvido a propósito!

weee disse...

Isto fez-me lembrar no feriado uma senhora que ligou lá para o Hospital e explicar como fez a sua colonoscopia sem anestesia e que sentia isto e aquilo e fazia mais sei lá o quê MAS a diarreia não a largava desde então (isto eram umas... deixa cá ver... 21h30 digo eu)

A seguir a tal conversa telefónica tive de pedir ao colega para atender as pessoas que eu estava... indisposta!!!!!!!!

meldevespas disse...

Weee Bem! isso então ainda foi bem pior xiça!
Nesse caso eu também ficaria, digamos que indisposta...

Enviar um comentário

 

Blog Template by BloggerCandy.com