segunda-feira, 18 de abril de 2011

Nem o pai morre, nem a gente janta


Isto tem andado a remoer aqui dentro. Posso estar a ser leviana, até porque também eu já fui uma adolescente cheia de dores e a carregar o mundo nas costas (fui?).
Tenho reparado, provavelmente porque sou mãe de dois adolescentes, que me vão chamando a atenção para determinadas ocorrências, que existe um crescente sentimento de "desespero" nesta gente so called teenagers. Bem sei que é uma jornada das nossas vidas em que tudo parece muito maior, assim mais ou menos como se estivesse a ser usada um lupa poderosa. Os amores são mais intensos, os ódios mais sangrentos, as opiniões mais vincadas, as certezas mais absolutas, e o mundo obviamente gira em volta do nosso próprio eixo, muito mais nesses anos que antes, ou depois.
Agora expliquem-me se puderem, se já e tão difícil, ultrapassar impune esses verdes anos, sem grandes mazelas que não sejam uma enorme saudade de lá voltar, porque é que os miúdos inventam mais merda pra cima deles? Atentem bem nos textos que escrevem. Nas ladainhas de auto-piedade, onde o ceguinho é sempre na primeira pessoa e nem precisa que ninguém lhe bata, porque eu sou tão feia, gorda, triste, solitária, desgraçada, magra, borbulhenta, coitadinha, não tem pena de mim?? Oh pá tenham lá pena de mim se não enfio os dedos na goela e vomito o pão integral que comi ontem ao jantar e depois choro e borro o rimel todo e aproveito e tiro uma fotografia que estampe essa tristeza tão grande e profunda e sem mais demoras vou logo posta-la no facebook pra que o mundo saiba como eu sofro pá!
E por fotografias, atentem bem na linha condutora das fotografias que polulam por essa web fora de adolescentes em "sofrimento", tristes, landscapes tristes, flores tristes, um desespero é o que é.
E depois ainda há os cultos atarraxados a todo este Carnaval, as bruxas, os demónios, os símbolos pendurados ao pescoço em enormes cruzes invertidas ( que Cristo é um chato e o dark side rula), etc, etc, etc.
Não é cá por coisas, mas a estas meninas e meninos que sofrem, tenho alguma curiosidade de os ver em menos de 10 anos, com um dois filhos pendurados nas mamas, a conta do gás a tinir, a barriga a dar horas, o emprego que nunca mais aparece, a toilette da Pascoa comprada nos chineses, e os tostões bem contadinhos até ao fim do mês. Isso meus filhos é que é sofrer. Até lá, vão cortando os pulsos com uma colher de pau faxavor.

15 comentários:

anouc disse...

SE eu tivesse um troco cá em casa, trazia-te para cá e espetava-te em cima dele.
Não tenho, como tal deixo-te um aplauso e um beijinho***

meldevespas disse...

Anouc Presumo que seja um "tronco"...e depois fazias uma dança em minha volta e assim?
Bejos***

✿ chica disse...

Rs...gosto do teu jeito de contar as coisas e fatos...beijos,linda semana!chica

Daniela Gaspar disse...

epah concordo totalmente...não compreendo. no meu tempo de parvoeira colavam-se posters de rapazes jeitosos, queriamos ter maminhas e depressão era se aquele menino não nos visse ou se não podiamos ir ao baile... agora é só emos deprimentes. bonecos a sangrar e com alfinetes espetados. sim, quando sairem dessa fase e derem de caras com a vida real.. arf ma livre e guarde.

El Matador disse...

São os Emos, também os acho um bocado estúpidos.

Johnny disse...

Porrada em cima. Acho importante dar a quem se queixa verdadeiras razões para isso.

Ana GG disse...

À poizé!

...uns desgraçadinhos, os nossos adolescentes.

meldevespas disse...

Chica Obrigada :D, temos que nos ir rindo, nao temos outro remedio. Beijinho
Daniela eheheh exactamente! A malta ficava deprimida porque nao pidia ir ao baile, ou porque, podendo ir ao baile, o "tal" nao nos tirava pra dançar, e essas coisas banais, mas reais e palpaveis, agora estas encenaçoes Jazuz!!!
Beijo
El Matador Isso mesmo...emos e estupidos :D
Beijo
Joni Tal e qual, como eu costumo dizer aos meus filhos(agora so mesmo a mais nova) "se te aleijares a fazer isso ficas a saber que choras duas vezes!"
Ana Poize! :DD, beijinho

anouc disse...

TRONO! Opá, era "trono". Metia-te em cima dele e fazia-te rainha.

anouc disse...

Porque é que eu te haveria de meter um cima de um tronco?!? O_o

meldevespas disse...

Anouc ate me doi a barriga de rir porra!
provavelmente eu estava mais a ver a coisa assim tipo totem, percebes?

pinguim disse...

Eles nem imaginam as saudades que vão ter destes "problemas"...

Briseis disse...

Ah, valente! Falaste muito bem... mas acho que devias apagar tudo porque os meninos que te lerem vão ter impulsos suicidas, os papás vão ter que os levar ao psicólogo e não é barato...

meldevespas disse...

Joao Verdadinha!!!

Briseis Pois, sao so traumas coitadinhos...

Brown Eyes disse...

ahahahah Pois é Mel, eles sabem lá o que são prolemas!!!
Beijinhos

Enviar um comentário

 

Blog Template by BloggerCandy.com