terça-feira, 28 de setembro de 2010

De faca e alguidar


o que eu acabei de assistir agora mesmo na mercearia aqui mesmo ao lado.

(sim porque eu trabalho no fim do mundo, onde ainda há, pasme-se, mercearias)

Uma luta! E porquê? Amor meus amigos, amor, ciume, raiva e aqueles condimentos todos de que são feitos os romances de cordel que há tanto julgávamos desaparecidos da face da humanidade.

Ela entra e pede um café, enquanto espera pelo café entra ele que vem comprar o pão. Ela manda uma boca, do género "era melhor que fosses fazer a cama, desde que saí lá de casa que não mudas os lençóis", ele calado que nem um rato e ela "porco, aquilo é mesmo uma pocilga pra levares as tuas marranitas, que é o que tu queres", ele manda-a calar, curto e grosso. Ela tem um ataque de fúria súbito e joga-se-lhe à farta cabeleira (o tipo tem o cabelo pelos ombros, desgrenhado e sujo...) ele agarra-a pelos braços e deita-a ao chão, mas antes aperta-lhe o pescoço "tá quieta puta" outra vez curto e grosso, e sai porta fora. Ela fica possessa, a tossir e a estrebuchar no meio do chão "porco, cabrão, nojento, sem mim não és ninguém!!"

Depois levanta-se e acaba de beber o café "agora vai pra casa e daqui a pouco arrepende-se...., ele gosta de mim que eu sei...."

E é assim o amor, dizem eles.

Isto tudo diante de uma plateia de queixo caído....eu.

7 comentários:

Angel in the dark disse...

Vai lá vai!...
Se isso tem o nome de amor...
Beijos

Brown Eyes disse...

Isto à p+rimeira vista parece para rir mas é para chorar. Pena que haja mulheres que pensem que sem ofensas não há amor e eu acho que quem ofende não ama, por mais que o grite. Beijinhos

pinguim disse...

Prefiro mil vezes amar de verdade à distância do que pensar que "isto" é amor...

meldevespas disse...

Angel Verdade...os homens chamam amor a cada coisa...
Beijinho
MaryEste é um caso sui generis, e visto de perto ate da pra rir. Porque estas pessoas de que falo sao um bocadinho.....especiais.Isto aqui é um meio muito pequeno, e ja tenho visto por aqui cenas complicadas, ainda na semana passada vi uma mulher com a cara toda rebentada porque o marido lhe jogou à cara uma garrafa de cerveja, o marido q ela ja pos fora de casa e q nao devia chegar nem perto por ordem das autoridades...mas enfim. Esta ocorrencia de q falo no post, acaba por ser uma anedota, porque nenhum deles tem muita noçao do certo ou errado e "amam-se" assim. Beijinhos
Joao Welcome back;D. Estas relaçoes sao de facto dificeis de assimilar, mas como disse na resposta da Mary, nao ha como dar a volta.
Beijinho

Poetic GIRL disse...

Como diz o ditado, quanto mais me bates mais gosto de ti! enfim é uma tristeza é o que te digo, para viver assim, mais vale ficar só! bjs

anouc disse...

Gente calieeeeeeeeeeeente! :D

meldevespas disse...

Bela, nao fiques triste! estas dois sao efectivamente felizes assim, parece absurdo e machista e essas coisas todas, mas acredita que ´´e a pura da verdade eheh
Anouc, nop, sao mesmo so malucos. Mesmo.

Enviar um comentário

 

Blog Template by BloggerCandy.com