quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Só sei que nada sei

...ao menos esse era honesto...


Enfim, cada vez mais apenas uma certeza, como diz o poeta, "cá se vai andando com a cabeça entre as orelhas".






14 comentários:

Paulo disse...

E vai piorar. É uma inevitabilidade... o que torna isto tudo ainda mais difícil: viver numa constante aflição e ansiedade não faz bem a ninguém.
Tenho pena dos nossos filhos. O que os espera?

Tulipa disse...

Temos que ter esperança, senão vai piorar mesmo.

Poetic GIRL disse...

Infelizmente parece que sim, cada vez nos afundamos mais... bjs

pinguim disse...

Eu já não penso nada...

Chica disse...

Tá servindo bem pra nós aqui, em época de eleições...beijos,chica

Catsone disse...

Lá está: sodomia...

Ana GG disse...

Ainda nós estamos no começo.....

meldevespas disse...

Paulo, verdade...e sim preocupa-se o futuro dos meus filhos, especialmente se terei capacidade de lhes proporcionar universidade e tudo o mais...
Tulipa, acredita, eu sou a pessoa mais optimista do mundo. mas claro que tenho dias ;D
Bela, e eu nado tao mal!
Joao, se calhar ´´e o melhor! let go and let flow
Chica, sim ai esta o circo montado! Voces ate das eleiçoes fazem uma festarola eheh
Cat, isso mesmo, mas somos nos os sodomizados, e assim n tem tanta graça :(
Ana GG, bem sei que isto ´´e so o "prencipio", da pra ver q estamos bem fodi***...

Ana GG disse...

Em "prencipo" se estivéssemos só bem fo*****, até que não era mau de um todo, o pior mesmo é que somos cada vez mais mal pagos.

meldevespas disse...

Ana, muito bem visto sim senhora eheheh

anouc disse...

Bem nos f*dem, de facto. Bem nos f*dem.

meldevespas disse...

Anouc, f*didos, mas mal f*didos, que ´´e uma tristeza...

Brown Eyes disse...

Mel até aí sei eu. Desde Dezembro que ando à espera, à espera que isto rebente. Pois é, não vejo outro fim. Eles continuam a viver à grande e claro tem que estoirar. Se eu sinto a crise e ganho quase o dobro do ordenado minimo, imagino quem ganha o ordenado mínimo ou não ganha nada. Essa gente deve andar desesperada e ainda cortam, agora, logo agora, nos subsídios de desemprego e afins. Haja coerência. Cortem mas é nos altos vencimentos e altas reformas que juntamente com a boa vida de políticos e primos pôs isto na penúria. Alguém acaba sempre por pagar as vidas fáceis, aí está o resultado. Beijinhos
p.s. Mel sem palavras disseste muito. Adorei o teu post.

meldevespas disse...

Mary, alguem acaba sempre por pagar...o pior de tudo ´´e que ´´e sempre o mesmo!
Bejo

Enviar um comentário

 

Blog Template by BloggerCandy.com